Tudo o que você precisa saber sobre a Criolipólise!

Tudo o que você precisa saber sobre a Criolipólise!

27 de Março de 2018

Você já deve ter ouvido falar no procedimento popularmente chamado de ?congelamento? das gordurinhas, e que cientificamente é denominado de criolipólise.

Este procedimento virou e ainda é febre quando o assunto é perda de gordura localizada, não é a toa que virou o queridinho tanto do público masculino, quanto feminino pois apresenta resultados maravilhosos e com perdas significativas de medidas com apenas uma sessão. Por ser um procedimento novo no mercado, ainda existem muitas dúvidas em relação ao seu funcionamento e técnica.
Hoje, existem diversos equipamentos de Criolipólise, por isso temos que ficar sempre atentos se eles apresentam um bom funcionamento, e se a empresa responsável pela locação do mesmo oferece manutenção periódica ao equipamento para que ele tenha um bom desempenho no seu funcionamento. Outra coisa muito importante também é ficar atento ao local de escolha para a realização, bem como se a pessoa que fará a aplicação é habilitada para desenvolver a técnica, assim conseguimos diminuir alguns riscos gerados pelo procedimento.
Em média, ocorre a perda de 20 à 30% de gordura local. Algumas pessoas conseguem obter melhores resultados e outros menores, tudo de acordo com cada biotipo e fisiologia. Por isso, é importante salientar aos pacientes que cada ser é único e tem suas próprias características e com isso alguns respondem super bem ao tratamento obtendo ótimos resultados e outros nem tanto. Para isso, faz-se necessário uma avaliação prévia onde poderá ser verificada a real necessidade da aplicação da técnica, para assim obter-se o sucesso nos resultados.
Vale ressaltar que pessoas com hérnias (umbilical e inguinal), lesões inflamatórias na pele, hipersensibilidade ao frio, gestantes, pouca gordura na área de aplicação, obesidade, diabetes, HAS (hipertensão arterial sistêmica), trombofilia, entre outras, tem contraindicação para realizar o procedimento.
A duração média do tratamento é de 1 hora por cada região escolhida, e é realizado através de manoplas específicas que se ajustam perfeitamente ao local que vai ser tratado. Após isso, o equipamento fará uma sucção da área, por onde ficará sendo submetido a uma temperatura média de -5 à -15 graus que pode variar de acordo com cada marca e modelo de equipamento. Podem ser feitas aplicações em diversas áreas do corpo em uma mesma sessão, porém pode ser necessária mais de uma sessão para obtenção dos resultados esperados. Caso seja optado pela repetição da aplicação, esta poderá ser reaplicada somente após 90 dias da primeira sessão. A pele tem que estar totalmente protegida por uma membrana(película ou manta de proteção) anticongelante, que evitará principalmente as crioqueimaduras e criolesões, para isso, é de extrema importância que seja observado pelo profissional que fará a técnica se essas estão devidamente próprias para uso, lacradas, sem danificações e principalmente verificar se estão de acordo com as normas e registros exigidos.

Os resultados começam a ser observados a partir de 20 à 30 dias após aplicação e podem perdurar segundo alguns estudos por até 90 dias após procedimento, para isso também é muito importante que na avaliação sejam feitos registros fotográficos da área tratada, mensurações antropométricas(medidas), demarcações do local e verificação do peso corporal, para que ocorra uma comparação na reavaliação do paciente e assim consiga-se verificar o que de fato melhorou.
A sessão de criolipólise pode variar muito também em relação a valores, em média podemos encontrar preços que vão de 800,00 à 1.200,00 reais por local, por isso, fique de olho em valores muito abaixo destes citados acima e de lugares que prometam resultados milagrosos, isso não existe e pode colocar a sua vida em risco!
Por isso é muito importante que o profissional seja muito sincero com seu paciente e que não faça promessas em relação aos resultados, é sempre válido priorizar que a técnica não substitui uma dieta ou exercícios físicos, mas sim trata-se de um procedimento estético não invasivo, e que quando aliado a bons hábitos de vida podem trazer excelentes resultados.

Cristina Sgarioni Dias
Fisioterapeuta, formada à 3 anos pela Universidade de Caxias do Sul - UCS e com pós-graduação em andamento pelo ISEPE-POA em Fisioterapia Dermatofuncional.
CREFITO 213.452-f

Rua Vereador Mário Pezzi, 662 sala 65 - Comercial Evolution

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar no Blog
Curta a Pole no Insta!
Siga-nos no Instagram
Curta a Pole no Facebook